13 fev

Startup Brasileira presente em 49 países, disputa competição global realizada pela Organização Mundial do Turismo

(OMT) vai premiar startups pioneiras no turismo gastronômico, identificar e reconhecer experiências que relacionam a culinária ao mercado de viagens global

Empreendedores com ideias inovadoras na área de gastronomia associada ao turismo terão a chance de conquistar visibilidade internacional. Estão abertas até 5 de março de 2019 as inscrições no 1º Concurso de Startups de Turismo Gastronômico da Organização Mundial do Turismo (OMT), organizado em conjunto com o Centro Culinário Basco, da Espanha.
As inscrições podem ser feitas por este link: www.gastronomytourismventures.org

A ideia da seleção, aberta a empresas de todos os países, é destacar e reconhecer exemplos capazes de integrar as duas áreas, de forma a indicar novas possibilidades e inspirar a realização de viagens. Os concorrentes devem apresentar modelos de trabalho relacionados à sustentabilidade, ao respeito à cadeia produtiva local e à oferta de narrativas autênticas, além de agregar valor ao patrimônio cultural da região onde estão inseridos. A competição vai permitir identificar projetos pioneiros na implementação de tecnologias disruptivas, voltados à superação de desafios e problemas do setor.

Nesse cenário é muito importante ver uma startup brasileira com uma solução global para turismo gastronômico – competindo com as melhores do mundo a Dinneer chegou prometendo revolucionar o conceito de experiências gastronômicas compartilhadas em todo o mundo. A proposta que foi lançada em 2015 em Campo Grande – MS, apresentando possibilidades de uma imersão cultural gastronômica através de 4.000 anfitriões que abrem as suas casas para promover a culinária caseira e as suas tradições para turistas.

“As primeiras experiências aconteceram em Lisboa, Madrid, São Paulo e Sidney na Austrália. Já nos primeiros dias, pude perceber o nascimento de uma empresa global que teria a missão de empoderar, unir e marcas as pessoas através de experiências gastronômicas autênticas. Hoje existem milhares de anfitriões que amam cozinhar em 520 cidades de 49 países, que conseguem ter uma renda extra, realizando jantares, compartilhando hospitalidade e amor comestível para moradores da própria cidade e turistas. No Brasil, há anfitriões em todos os estados, muitos deles “imigrantes” de outras regiões e países. O que traz para os visitantes uma sensação mágica e única durante as experiências. A sensação de ser teletransportado para outro lugar do mundo sem sair da cidade.” Explica Flavio Estevam – Fundador  Dinneer.com

Flavio, enfatiza que além dos anfitriões nativos da cidade, existem imigrantes que preparam comidas típicas de seus países em suas próprias casas. Ele também traz alguns exemplos, como anfitriões italianos no Brasil, brasileiros na Itália, mineiros em São Paulo, paulistas em Minas Gerais. Além dos exemplos, hoje, é possível encontrar anfitriões de 54 nacionalidades na plataforma.

O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, estimula a participação de brasileiros no processo. “A gastronomia é um dos quesitos que melhor ilustram a rica identidade do país e constitui um forte fator de atração de visitantes. A inclusão de projetos nacionais no prêmio reforça o nosso trabalho pela inovação em turismo, consolidando o mercado de Viagens como importante propulsor de desenvolvimento e da geração de emprego e renda”, enfatiza.

APROVAÇÃO – A gastronomia é um dos itens mais bem avaliados por estrangeiros que visitam o Brasil. Segundo estudo do Ministério do Turismo, 95,7% dos viajantes internacionais que estiveram no país em 2017 avaliaram positivamente a culinária dos destinos brasileiros. O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, observa que o prêmio contribui para a melhoria da qualidade de vida de todos os povos. “Investimentos em inovação e turismo não são fins em si, mas são meios para promover melhores produtos turísticos, melhorar a governança do setor e aproveitar sua comprovada capacidade de promover a sustentabilidade, criar empregos e gerar oportunidades”, ressalta.

FINALISTAS – Os cinco finalistas serão conhecidos no dia 1º de abril. Já o anúncio do vencedor ocorrerá durante a quinta edição do Fórum Mundial de Turismo Gastronômico, que vai acontecer de 2 a 3 de maio na cidade de San Sebastián, na Espanha.