28 jan

Frente da Gastronomia Mineira promove seminário sobre gastronomia e identidade regional

A comida como linguagem da identidade regional é o tema do primeiro seminário de 2019 organizado pela Frente da Gastronomia Mineira (FGM). O evento ocorrerá no dia 04/02, das 14 às 17h no Auditório JK, na Prefeitura de Belo Horizonte.

Para tratar do assunto, a organização convidou o Prof. Dr. José Newton Coelho de Meneses. Professor do curso de História da UFMG, José Newton pesquisa sobre a História Cultural da Alimentação. “A comida é uma linguagem complexa que nos permite ler e entender regionalidades, identidades, construções históricas. A importância de compreendermos tudo isso é a importância de nos sentirmos integrados a essa identidade regional”, comenta o pesquisador.

O seminário faz parte de um conjunto de ações da FGM que visam promover diálogos sobre a gastronomia do nosso estado. Para contribuir com a discussão, foram convidados quatro debatedores: os chefs Eduardo Avelar e Edson Puiati, o jornalista gastronômico Eduardo Girão e a especialista em pesquisa gastronômica do Senac Vani Fonseca.

Para Vani, esse tipo de iniciativa mostra um amadurecimento da FGM no trabalho de unir a cadeia produtiva da gastronomia, fundamental para o seu fortalecimento. “Eu tenho certeza de que estamos dando um grande passo para entender a gastronomia mineira a partir da origem, saber como ela está caminhando e para onde ela vai, a força que ela tem”, destaca.

A entrada do evento será feita pela entrada dos fundos da PBH, localizada na rua Goiás, s/nº, ao lado dos Correios.