Roberta Sudbrack cria um menu de fôlego para agradar a equipe olímpica

RIO – Nos últimos quatro meses, a chef gaúcha mudou radicalmente de cardápio. No lugar de sair por aí pesquisando ingredientes inusitados, mania que alimenta há tempos, e que acabam virando estrelas da cozinha de seu restaurante no Jardim Botânico, Roberta passou a devorar livros e mais livros de medicina esportiva e estudos sobre alimentação para atletas, chegando até a mergulhar fundo nos barulhentos casos de doping na Olimpíada.